Archive for setembro \20\UTC 2006

Mário

quarta-feira, 20 setembro, 2006
Nesse tempo em que eu abandonei o meu blog (tadinho) o meu primo, Cristian (mas o chamo de Mário) veio nos visitar. Dessa vez ele ficou aqui em casa por pouco tempo, só durante o feriado da Independência. Dessa vez não foi possível bater trocentas fotos, devido ao fato de meu ingênuo pai ter pegado meu carregador de baterias para carregar pilhas comuns, mesmo eu já ter falado que ele não devia fazer isso. Mas pelo menos não fiquei sem fotos do Mário!

Agora o Blogger não está querendo upar as fotos. Depois eu volto aqui e posto as fotos.

Anúncios

Dia do jornalista

domingo, 10 setembro, 2006

Hoje é o meu dia! Dia do jornalista! Agora estou cansado, depois eu posto.

Nova linha de alimentos da Ayumi!

terça-feira, 5 setembro, 2006
A Ayumi lançou uma nova linha de alimentos com sua grife! Veja na foto, o primeiro lançamento:


A nova marca de gastronomia chamará-se “Ayu 食糧”, ou seja: “Ayu Alimentos”. O lançamento está previsto para 27 de setembro, dia do lançamento de seu novo single: JEWEL. Aqueles que comprarem o CD receberão de brinde um cupom, para trocar gratuitamente por um “Ayu サンドイッチ” (“Sanduíche Ayu”). É uma pena que só esteja disponível no Japão!

Postado ao som de: SURREAL – Ayumi Hamasaki

Exposição de Interatividade

segunda-feira, 4 setembro, 2006
Domingo. A casa fica uma zona. Fugi para longe do caos da casa. Eu fui a uma exposição de interatividade (FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica) junto com a Larissinha, o Jonathan, Pablo, a Shirley e o Wellington (que mais parecia um estranho, não falou quase nada durante o passeio inteiro, coitado). Nossa, a exposição era muito legal! Todas as obras da exposição precisam da ação do público para acontecer. Nossa, foi muito legal mesmo, tinha um monte de coisas legais. Não só recomendo, mas sim, MANDO. Vai lá agora! Você não vai se arrepender! (Não recebi um tostão por essa ação de marketing!)


O que eu mais gostei foi o “Jogo da bolinha”, você fica sob um projetor no teto, que te identifica no “tabuleiro” do jogo. O objetivo é: fugir da bolinha vermelha sob qualquer circunstância. São vários jogos diferentes, mas todos com esse mesmo propósito. Na foto, o objetivo era pisar nos quadrados cinzas que estavão passando. O Jonathan esqueçeu a câmera dele, e portanto enchi o saco dele durante o tempo todo. Eu só não levei a minha porque a Larissinha me disse que o Jonathan levaria a dele. Na entrada tinha uma placa que dizia que não era permitido fotografar; mas foi o que as pessoas mais fizeram!

Depois fomos a outra exposição de interatividade, a do Itaú Cultural. Foi muito sem graça! Tudo muito quieto, monótono, sem inspiração. Só tinham algumas coisas legais, como a chuva de letras na fonte do MS-DOS em baixa resolução que pousavam em nossa silhueta e os cachorros-mutantes-robôs, que foram simplesmente desligados por uma funcionária que passava lá. Péssimo.

Quando estávamos atravessando a rua, eu disse: “Vamos ir logo, senão os carros vão interagir com a gente!” Me superei, foi muito engraçado, todo mundo riu. Foi tão bom que vou ver se sábado que vem eu vou lá de novo com todo mundo e tiro fotos para postar aqui.