Errônea presença

Hoje parecia ser mais um dia normal, sofrido. Fui pra escola então, vejo que a professora Neusa de matemática que determinada a efetuar sua prova de alta periculosidade, deixa medo em todos que a visualizam em seu par de glóbulos oculares que existem igualmente em todos os crânios. O professor da primeira aula (João “Bobão”) dá-se como ausente em sua sólida presença na contemporâneidade da sociedade educacionalista autal, ora como ausente padrão em sua ignorante aula. Desconheço quais mais se deram como ausente, mas fomos dispensados, e um sentimento de alegria e euforia toma conta de toda 7ªC, pois há muito tempo esse fato não se repetia. A prova tornou-se então cancelada até a próxima quinta-feira pela segunda vez consecutiva, já que na quinta passada fomos dispensados sem motivo aparente, mesmo com a presença da educadora Neusa.

Modo complicado OFF

Entendeu tudo? Pois prossiga-se a postagem, ops, continuemos: Me lembrei de que tinha a inútil educação física, então, infelizmente, a fala de despedida foi, ao invés de “Tchau Alan, até amanhã!”, foi “Tchau Alan, até a física…!”. Chegando lá, a bendita da professora falta. Conclusão: Hoje fui á escola só pra perder tempo.

Postado ao som de: Imagine Yourself – Dave 202

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s